Notícias

Voltar para Galeria Histórias
Publicação: 21/01/2019   Comentários: ()   Categoria: 13 - Visitas: 6036
Notícia

A Loira da meia noite na Linha 12

Certa noite, Eu e meu colega Oliveira, maquinista da linhas 11 e 12, demos pronto na locomotiva 6008 no Itaim Paulista, para atendermos os serviços da via permanente.Meia noite passávamos pelo km 32 quase chegando no páteo de Eng. Manoel Feio, e havia uma mulher loira, corpo escultural, cabelos longos encostada no muro da empresa TESMAF. Ficamos fascinados com a beleza da mulher que até deu um tchau pra gente.Por fim, a Via Permanente cancelou o serviço por problemas nos vagões e tivemos que retornar ao Itaim Paulista. Aí a ansiedade tomou conta do Oliveira, que estava de auxiliar na locomotiva. Vai logo! Rápido Jorge! - Ele me pedia.Preciso conhecer melhor aquela loira! - Ele me dizia.De longe nós a vimos! Ela ainda estava lá, fumando um cigarro, era de encher os olhos de qualquer homem.Oliveira gritou: Pare, pare, pare!Parei!Ele debruçou na barra do corrimão da locomotiva e disse: Oi amor! Você não tem medo de ficar aqui a estás horas?Com uma voz de homem a loira respondeu: Estou esperando meu namorado!O Oliveira se calou, entrou em choque! Enquanto eu me acabava na gargalhada.Pediu segredo, o que eu não dei garantia.

by

Tags:A Loira da meia noite na Linha 12

Comentários

Deixe aqui o seu comentário