Notícias

Publicação: 03/05/2016   Comentários: (0)   Categoria: Últimas Notícias - Visitas: 88
Notícia

Greve dos ferroviários prevista para 11 de maio pode afetar 3 milhões de usuários

Categoria aguarda posicionamento da CPTM sobre proposta oferecida pelo Tribunal Regional do Trabalho
Ainda aguardando posicionamento da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que avalia proposta de reajuste salarial de 10,44% feita pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT), os ferroviários programam greve para o dia 11 de maio, a partir da zero hora, caso não haja acordo entre as partes. A paralisação estava marcada para o dia 04 de maio e foi adiada em acato a pedido do tribunal, na quinta-feira (28/04), durante assembleia da categoria. Até a data da parada, os ferroviários manterão o estado de greve, sem suspensão dos serviços. Segundo Izac de Almeida, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana (STEFZS), a interrupção na circulação dos trens pode prejudicar mais de 3 milhões de usuários do transporte metropolitano. “A classe reivindica reajuste pelo maior índice, o INPC-IBGE (11,08%), 10% de ganho real e correções nos benefícios, além da correção no Plano de Participação nos Resultados (PPR) 2016”, destacou o presidente.
As negociações seguem até a próxima audiência de conciliação, coordenada pelo TRT, que está prevista para segunda-feira (09/05). No dia 10/05, os trabalhadores farão novas assembleias em sedes de sindicatos da categoria para deliberar sobre a efetivação da paralisação e os rumos do movimento. “As outras reivindicações não acordadas, entre elas o PPR 2016, serão negociadas sob a coordenação do Núcleo de Conciliação de Dissídios Coletivos do Tribunal”, lembrou Izac.
(Fonte: Assessoria de Imprensa | Foto: Jean Philippe Vasconcelos)

Tags: Greve dos ferroviários prevista para 11 de maio pode afetar 3 milhões de usuários

Comentários

Deixe aqui o seu comentário