Notícias

Publicação: 25/09/2017   Comentários: (0)   Categoria: Últimas Notícias - Visitas: 507
Notícia

Valinhos solicita informação sobre Trem Intercidades em reunião da Frente Parlamentar

As tratativas sobre a implantação do Trem Intercidades (TIC) e a participação financeira do governo estadual na empreitada foram questionadas em reunião com a Frente Parlamentar em prol do Transporte Metroferroviário (FTRAM), em São Paulo. Também foram debatidas a segregação das linhas ferroviárias de passageiros e carga, a repactuação nos contratos e a implantação do Ferroanel Metropolitano de São Paulo.

O questionamento foi feito pela vice-prefeita, Laís Helena, que representou a cidade no encontro ocorrido na segunda-feira (18). “Em relação aos Trens Intercidades, gostaria de saber como serão tratadas às questões das revitalizações das estações, das passagens de nível e a construção das passarelas”, enumerou, lembrando que o tema é cobrado pela população. O assunto será tratado em reunião específica com agentes públicos que estão cuidando do andamento desta questão.

O projeto ferroviário vai interligar as regiões metropolitanas de Campinas, São Paulo, Vale do Paraíba, Sorocaba e Baixada Santista. Campinas foi escolhida para iniciar o projeto por ter maior demanda, com 68.384 passageiros ao dia. A Região Metropolitana do Vale do Paraíba (RMVale) vem em seguida, com 48.392 usuários ao dia, seguida da Baixada Santista, com 32.564, e Sorocaba um pouco mais de 20 mil.

Foco – O principal foco da reunião foi a segregação das linhas férreas de passageiros e carga. Apesar de o compartilhamento ser legal, o diretor de Relações Institucionais da empresa MRS Logística SA, Luiz Gustavo Bambini, explanou sobre os desafios para o transporte ferroviário de carga na região metropolitana. “Há anos os passageiros vêm sendo prejudicados aguardando a passagem de trens de carga com quase 40 vagões pelos trilhos para, então, conseguir fazer o trajeto necessário”, detalhou.

O plano de negócio da MRS garante investimento na região metropolitana de São Paulo, ajudando a eliminar os conflitos com os passageiros no Estado de São Paulo e outros Estados. A repactuação propõe uma obrigação de investimentos por parte da concessionária e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) fará a regulação. A MRS é a concessionária de transporte dos trens de carga, enquanto a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) é responsável pelos trens de passageiros.

O ferroanel também foi citado como parte da solução do problema. O projeto visa à ligação entre as principais ferrovias que cortam a Região Metropolitana de São Paulo, em uma tentativa de fazer conexão direta e modernização no transporte ferroviário da região. Para os presentes na reunião, deve-se conciliar os investimentos entre ferroanel e TIC. É previsto investimento na ordem de R$ 7 a 10 milhões.

Estiveram presentes no encontro o vice-presidente da Associação dos Engenheiros da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, Edson Artibani, o deputado estadual João Caramez, presidente da frente, além do diretor da MRS, Luiz Gustavo Bambini. A FTRAM é considerada um instrumento para debater as melhorias de forma democrática.

Fonte: JTV

http://jtv.com.br/valinhos-solicita-informacao-sobre-trem-intercidades-em-reuniao-da-frente-parlamentar/ 

Tags: Valinhos solicita informação sobre Trem Intercidades em reunião da Frente Parlamentar

Comentários

Deixe aqui o seu comentário