Notícias

Publicação: 04/10/2018   Comentários: (0)   Categoria: Últimas Notícias - Visitas: 62
Notícia

CPTM inaugura viagem de trem do Brás a Cumbica em 31 minutos

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) estreou na manhã da última quarta-feira (3) o serviço de trens que liga a estação Brás, no centro de São Paulo, ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

 

Com o nome de Conect, o serviço acontece, nos dois sentidos, três vezes pela manhã, às 6h20, 7h00 e 7h40, e três vezes pela tarde, às 18h, 18h40 e 19h20. Aos sábados, o serviço funcionará só pela manhã: às 6h20, 7h e 7h40. O serviço não funcionará aos domingos.

 

O tempo de viagem é de 31 minutos, utilizando a estrutura da linha 13-jade e parte da linha 12-safira.

 

A tarifa é a mesma dos trens metropolitanos, de R$ 4. O deslocamento tem paradas nas estações Tatuapé e Engenheiro Goulart, na zona leste de São Paulo, e na estação Cecap, em Guarulhos.

 

Já de malas para sua viagem para Natal (RN), o empresário Milton Ribeiro, 60, disse que já planejava ir de trem para o aeroporto. Sua ideia era pegar seguidas baldeações até Cumbica. Mas ao chegar na estação Brás, soube do novo serviço com destino ao aeroporto, mas sem ter de fazer paradas.

 

Outro passageiro inaugural foi o segurança Sebastião Ferreira, 55, que pela manhã pegaria um voo para o Recife. “O meu carrinho estava quebrado e meu irmão não conseguiria me trazer no aeroporto. Então, resolvi vir de trem novo. Apostei e deu certo”.

 

Após chegarem à estação Aeroporto, os passageiros têm ainda que pegar um ônibus para acessarem os terminais de Cumbica. Os veículos partem até de meia em meia hora, obedecendo o ritmo de chegada dos passageiros dos trens.

 

Segundo Paulo Menezes, presidente da CPTM, o novo serviço Conect deve atender tanto o público do aeroporto quanto os moradores de Guarulhos e da zona leste que querem acessar o centro de São Paulo, aumentando a atratividade da linha 13-jade e a oferta de trens em parte da linha 12-safira.

 

Prova disso é que o primeiro trem vindo de Guarulhos até o Brás chegou cheio, ainda que não lotado, ao centro de São Paulo.

 

“Vamos deixar claro que este não é um serviço exclusivo para o aeroporto. É para dar uma opção à população de Guarulhos”, disse Menezes.

 

Entre os novos passageiros do serviço que não estão interessados no aeroporto está o agente administrativo Willian Espínola, 35, que mora em Guarulhos e trabalha no Tucuruvi, na zona norte de São Paulo.

 

Com a inauguração da linha 13-jade, em junho deste ano, Willian passou a pegar o trem em Guarulhos e fazer uma baldeação na estação Engenheiro Goulart, na zona leste de São Paulo. E de lá seguia até o Brás, onde acessava a linha 3-vermelha do metrô e depois a linha 1-azul.

 

Com o novo serviço Conect, num mesmo trem, Willian deixa Guarulhos e chega até o Brás, evitando a baldeação na lotada estação Engenheiro Goulart. A estação serve à já lotada linha 12-safira da CPTM, com passageiros vindos do extremo leste de São Paulo.

 

“O caminho direto até o centro é bem melhor. Não tem tumulto e confusão com baldeação”, diz ele.

 

A lotada estação Engenheiro Goulart, onde é feita a baldeação da linha 13-jade e 12-safira é um gargalo da linha 13-jade, a mais nova do sistema ferroviário da Grande São Paulo. Por isso, o novo ramal de trem ainda está subutilizado.

 

Para a CPTM, serviços como o Conect devem aumentar a procura do público pela linha 13-jade.

 

“Temos a previsão de transportar muito mais pessoas. Com esse serviço Conect, o movimento vai aumentar bastante. Nós não temos dúvida nenhuma de que haverá demanda. O público começa aos poucos a conhecer o serviço".

 

O próximo serviço que a CPTM deve entregar para conectar Cumbica é o Expresso da linha 13-jade. Com saída desde a estação Luz, os trens seguirão sem paradas até a estação Aeroporto, em Guarulhos. Este trecho era prometido para o mês de julho.

 

O presidente da CPTM chegou a dizer que, no dia 10 de outubro, o serviço seria inaugurado. Mas nesta quarta-feira, ele disse que a data ainda não está confirmada.

 

Com tarifa de R$ 8, o serviço expresso deve começar a ser feito com trens comuns. Mas a expectativa é de que no primeiro semestre de 2019 novos trens com bagageiros para malas cheguem da China.

 

ATRASOS

 

Desde 2002 que existia a promessa de governos tucanos para a criação de uma viagem sobre trilhos até Cumbica. Após sucessivos atrasos, ela foi entregue no fim de março, ainda em fase de testes, pelo ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), em meio à maratona de inaugurações antes de ele sair do cargo para disputar as eleições à Presidência da República.

 

Em junho, a linha passou a funcionar com operação integral, quando também passou a ser cobrada a tarifa de R$ 4. Seu primeiro mês de plena operação teve baixa adesão de passageiros -demanda similar à dos ônibus intermunicipais que já faziam a ligação. Recebeu em média 7.147 usuários por dia útil, como mostrou a Folha.

 

Já a ligação direta com a linha 12-safira, no Brás, era prometida pela CPTM para começar em julho. A companhia disse à época esperar uma popularização com a oferta de novos serviços, que evitassem tantas paradas e baldeações no trajeto entre a capital e Cumbica.

 

Fonte: Portal Bem Paraná; Foto: Internet.

https://diariodoturismo.com.br/wp-content/uploads/2018/04/Trem-guarulhos-2.jpg

Tags: CPTM inaugura viagem de trem do Brás a Cumbica em 31 minutos

Comentários

Deixe aqui o seu comentário