Notícias

Publicação: 24/04/2019   Comentários: (0)   Categoria: Últimas Notícias - Visitas: 248
Notícia

Extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha pode ser entregue no fim do ano que vem

Foi homologado a continuidade de obras da Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, entre as estações Grajaú e Varginha, de acordo com publicação no Diário Oficial do Estado.

 

A CPTM aprovou a empresa Engibras Engenharia S.A. para a execução dos trabalhos que correspondem o lote 2 da extensão, entre a futura parada Mendes e o terminal Varginha.

 

O custo é de R$ 87 milhões e o contrato vale por 30 meses, sendo 18 meses para as obras e 12 meses para a operação assistida, o que indica entrega do trecho no final do ano que vem, se não houver nenhum atraso.

 

Extensão da Linha 9

 

O trecho com 4,5 km de extensão deve elevar a demanda da ferrovia em 111 mil passageiros por dia. Atualmente cerca de 600 mil usuários circulam na linha que liga Osasco até o Grajaú, sendo que em grande parte de seu trajeto, corre na marginal pinheiros.

 

Histórico

 

Os trilhos estão sendo instalados no antigo leito ferroviário do Ramal de Jurubatuba, da extinta FEPASA. O trecho foi desativado pela própria CPTM em novembro do ano de 2001, “devido a precariedade da infraestrutura da linha na época”. A antiga ferrovia servia como ligação entre a capital paulista e o litoral, inclusive com trens de passageiros.

 

A antiga ferrovia seguia após Varginha, cortando os bairros de Parelheiros e Engenheiro Marsilac, até encontrar com a ferrovia Mairinque-Santos. A extensão dos trens metropolitanos entre Jurubatuba e Varginha, veio de forma provisória em 1992.

 

Um dos últimos trens a rodarem até Varginha foram os antigos Toshiba. Há relatos de operação entre as estações Cidade Dutra (hoje desativada) e a Júlio Prestes.

 

Fonte e foto: portal Via Trolebus

https://viatrolebus.com.br/2019/04/extensao-linha-9-esmeralda-varginha-entregue-2020/

Tags: Extensão da Linha 9-Esmeralda até Varginha pode ser entregue no fim do ano que vem

Comentários

Deixe aqui o seu comentário