Notícias

Publicação: 09/06/2022   Comentários: ()   Categoria: Últimas Notícias - Visitas: 52
Notícia

ViaMobilidade diz já ter inspecionado 88 km do sistema elétrico das linhas 8 e 9

Rede aérea de energia é um dos pontos críticos dos dois ramais, responsáveis por várias falhas na operação

A ViaMobilidade informou nesta quarta-feira (8) ter inspecionado um total de 88 km do sistema de distribuição e alimentação elétrica aérea inspecionados, que é responsável por movimentar os trens das linhas 8 e 9. Segundo a concessionária que assumiu a operação dos dois ramais da CPTM, somente na semana passada foram revisados 11 km de catenárias.

O sistema de energia das duas linhas é um dos pontos críticos da operação e associado às seguidas falhas no serviço que tem ocorrido desde janeiro. Para executar esse trabalho, a ViaMobilidade tem contado com ajuda da CPTM que passou a fornecer equipamentos e veículos de via para facilitar o acesso a essa infraestrutura.

Além da parte técnica, a concessionária também diz ter realizado a limpeza de 32% das áreas verdes das linhas 8 e 9, por meio do serviço de roçada – até aqui foram retirados 24 mil m² de mato em torno das vias.

“Também foi finalizada a revitalização dos sanitários das estações Osasco, na linha 9, e Sagrado Coração, na linha 8. A limpeza da pichação no reservatório superior da estação Jardim Belval, linha 8. E a finalização da nova comunicação visual na estação Ceasa, linha 9”, informou a empresa em nota.

Apesar do investimento, parte do contrato de concessão de 30 anos, a ViaMobilidade continua a enfrentar problemas quase diários na operação. As falhas motivaram o Ministério Público a buscar uma solução, o que levou a Secretaria dos Transportes Metropolitanos a estabelecer reuniões semanais com a concessionária e a CPTM para apontar soluções para as dificuldades.

Fonte: https://www.metrocptm.com.br/viamobilidade-diz-ja-ter-inspecionado-88-km-do-sistema-eletrico-das-linhas-8-e-9/

 

Tags: ViaMobilidade - Linhas 8 e 9 - Manutenção - Inspeção

Comentários

Deixe aqui o seu comentário